Adulto não deve beber leite?

O inverno está chegando ao fim, mas o friozinho da estação ainda não foi embora. E tem combinação melhor que dias frios e chocolate quente? É bom demais, né não? Aliás, o leite está presente em muita coisa boa: sorvete, chocolate, bolos e muitos outros alimentos que a gente adora.

Mas já parou pra pensar que outros animais não bebem mais leite quando ficam adultos?

Tá, se você der leite para o seu gatinho, ele provavelmente vai tomar. Fora isso, em condições normais, ele não beberia.

E é a partir disso que aparecem várias explicações em blogs e vídeos espalhados na internet defendendo que beber leite na idade adulta não é uma boa ideia.

Mas como nem tudo que está na internet é verdade, nós, do Ciência por Aí, fomos confirmar essa história com quem realmente entende do assunto. Para saber o que a ciência tem a dizer sobre isso, contamos com a ajuda da professora do Laboratório de Lácteos, Probióticos e Prebióticos da Unicamp Adriane Elisabete Antunes de Moraes. Bora lá!

Tem gente que não sai de casa de manhã sem tomar aquele copão de leite puro, leite com achocolatado, café com leite, ou mesmo iogurte. Fato é que depois do leite materno, o leite é um dos primeiros alimentos que consumimos. E conforme vamos crescendo, ele é pouco a pouco substituído por outros alimentos, mas continua fazendo parte do nosso cardápio, assim como seus derivados: iogurte, queijos, entre outros.

É aí que batem as dúvidas: por que depois do período de amamentação continuamos bebendo leite de outros animais a vida toda? “Por diversas questões históricas, socioculturais, nutricionais, sensoriais e aí por diante”, explica Adriane.

Ela diz também que depois da amamentação materna, o leite é bom para a alimentação pois contém vários nutrientes, como o cálcio, importante principalmente na fase de crescimento.

“Dietas menos diversificadas e mais pobres nutricionalmente podem ser muito beneficiadas pela manutenção de lácteos após o desmame. As necessidades nutricionais diárias de cálcio são elevadas nas diferentes fases da vida. Durante a fase de crescimento, deve existir uma atenção especial para as fontes de cálcio para garantir desenvolvimento adequado dos ossos e dentes. Ainda assim, existem outras fontes alimentares de cálcio, proteínas de elevado valor biológico, vitamina B2 e B12, entre outros nutrientes”.

Assim como acontece com tudo nesta vida, com o leite não é diferente: não é todo mundo que gosta! Além disso, algumas pessoas podem ter até alguns probleminhas de saúde se o consumirem.

“Em algumas pessoas podem ocorrer alergias, intolerância à lactose, galactosemia e intoxicações alimentares, nesse último caso quando o leite é contaminado ou fraudado”, diz Adriane.

Ficou confuso, jovem? Calma que a gente explica os termos! Lactose é o açúcar presente no leite. Já a galactosemia é uma doença em que as pessoas não podem consumir galactose, um outro tipo de açúcar que também encontramos no leite. Quando alguém com algum desses problemas consome leite, pode ter vários desconfortos, como diarreia.

É aí que mora outra dúvida: assim como qualquer outra pessoa, quem não consome leite ou seus derivados precisa obter a quantidade recomendada de cálcio de outros alimentos. Será que comendo apenas vegetais isso é possível?

Segundo Adriane, é possível sim conseguir a quantidade recomendada de cálcio por meio de vegetais, mas ela faz uma ressalva. “Muitos vegetais apresentam fatores antinutricionais que diminuem a biodisponibilidade do cálcio”. Ou seja: algumas substâncias interferem negativamente no aproveitamento do cálcio presente no leite pelo nosso corpo.

Por fim, temos que tomar cuidado com as informações que circulam pela internet. Muitas delas são divulgadas em vídeos e blogs sem nenhuma base científica. E se você sente algum desconforto ao ingerir leite, procure a ajuda de um profissional da saúde para saber a causa.

Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga o Ciência Por Aí...
  • Facebook Basic Square
  • YouTube Social  Icon
  • Google+ Basic Square
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
Mais informações:  cienciaporai2017@gmail.com